skip to Main Content

A fotografia, por estar inserida totalmente no nosso cotidiano, é considerada como a mais democrática das artes. Por isso, pode ser utilizada como uma importante ferramenta no processo de compreensão da realidade, das experiências vividas, e, muitas vezes, pode ajudar na recuperação de pacientes, como uma forma de terapia.

HISTÓRIA

O Projeto de Fotografia “Retratos da Superação” completa em 2018 sua 6º edição.  

A exposição com 30 fotografias será resultado de oficinas de formação de 6 horas de duração voltadas para pacientes, familiares, médicos e profissionais multidisciplinares dos centros de tratamento, parceiros da ABRALE por João Kulcsár, mestre em artes pela Universidade de Kent, Inglaterra e professor do Senac-SP.

A fotografia é um poderoso instrumento de comunicação, assim a partir das oficinas os participantes serão sensibilizados e poderão se expressar visualmente e dizer suas perspectivas sobre o tema da Superação.

A proposta do trabalho social, educativo e cultural deste projeto cria possibilidades para que os participantes possam apropriar-se dos espaços sociais como autores de suas histórias de vida e das transformações nos grupos a que pertencem, proporcionando a formação de valores positivos de inclusão na sociedade.

Veja mais
Fotos das edições anteriores

OFICINAS

A proposta deste projeto, de caráter cultural, é criar exposições por três capitais. São elas:  Fortaleza, Belo Horizonte e São Paulo.

MG- Belo Horizonte – 26 de Outubro
Local: Hospital das clínicas – Ambulatório Borges da Costa – Auditório
Endereço: Av. Prof. Alfredo Balena, 110 – Santa Efigênia, Belo Horizonte – MG, 30130-100
Horário: 13h00 as 19h00

SP- São Paulo – 12 e 13 novembro
Local: Hospital IBCC
Endereço: Av. Alcântara Machado, 2576 – Mooca, São Paulo – SP, 03102-002 Horário: 09h00 as 13h00

Ceará- Fortaleza- 19 de novembro
Local:Hospital Geral de Fortaleza
Endereço:Rua Avila Goulart,900 Papicu- Fortaleza
Horário: 9:00 as 12:00 e das 13h00 as 16:00

Participou da oficina? envie sua foto CLICANDO AQUI

Apoio

CURADOR

João Kulcsár tem mestrado em artes pela Universidade de Kent, Inglaterra, 1996/7, como bolsista do The British Council. Foi professor visitante na Universidade de Harvard 2002/3, como bolsista da Comissão Fulbright. Professor e coordenador de fotografia do Senac-SP desde 1990. Presidente da REDE de produtores da fotografia no Brasil.

Na área de formação de professores, foi coordenador/ idealizador do projeto de uso de fotografia em sala de aula pelo Itaú Cultural e Secretaria de Educação do Estado de SP em 2004.

Coordena o projeto de alfabetização visual, que desenvolve atividades de fotografia e educação no Brasil na Fundação Gol de Letra, Meninos do Morumbi, Febem e, no exterior, na Alta Scuola Pedagogica di Locarno (Suíça), no Instituto Português de Fotografia (Portugal), na HABLA (México), na Universidade de Harvard – Graduate School of Education (EUA).

Trabalha com projetos e consultoria de acessibilidade, fotografia e pessoas deficientes visuais desde 2008. Entre os locais atendidos está: Museu do Futebol, Galeria do SESI-SP, SESC-SP, Senac-SP, STF (Supremo Tribunal Federal em Brasília) e Memorial da Inclusão.

Desenvolve oficinas de fotografia e percepção em várias cidades do Brasil e no exterior (Portugal, UK, EUA, Suíça e México). Fez a curadoria da Exposição – Rever, fotografias feitas por pessoas def. visuais na Pinacoteca de SP.

CONTATO

Entre em contato, caso tenha alguma dúvida referente ao projeto ou oficinas.

Back To Top

MANAUS, 07/09/06 CIDADES - 'GRITO DOS EXCLUÍDOS', REALIZADO NA CIDADE NOVA, ZONA NORTE.
NA FOTO, ÍNDIA APURINÃ.
FOTO: RAPHAEL ALVES

O Projeto de Fotografia “Retratos da Superação” completa em 2018 sua 6º edição.  

A proposta deste projeto, de caráter cultural, é criar exposições por três capitais. São elas:  Fortaleza, Belo Horizonte e São Paulo.

A exposição com 30 fotografias será resultado de oficinas de formação de 6 horas de duração voltadas para pacientes, familiares, médicos e profissionais multidisciplinares dos centros de tratamento, parceiros da ABRALE por João Kulcsár, mestre em artes pela Universidade de Kent, Inglaterra e professor do Senac-SP.

A fotografia é um poderoso instrumento de comunicação, assim a partir das oficinas os participantes serão sensibilizados e poderão se expressar visualmente e dizer suas perspectivas sobre o tema da Superação.

A mostra gratuita será aberta ao público em locais de grande visibilidade sendo uma importante ferramenta de conscientização, pois pela experimentação artística e que podemos desenvolver convivências para uma sociedade mais harmônica e solidária.

A proposta do trabalho social, educativo e cultural deste projeto cria possibilidades para que os participantes possam apropriar-se dos espaços sociais como autores de suas histórias de vida e das transformações nos grupos a que pertencem, proporcionando a formação de valores positivos de inclusão na sociedade. Este trabalho constata que é possível pessoas comuns e com alguma doença tornarem-se protagonistas de sua arte e capazes de produzir cultura, quebrando o paradigma de sua exclusão e invisibilidade pelas suas competências e talentos. Valorizar o ser humano, dando-lhe oportunidades, é garantir o direito à cidadania de qualquer pessoa que, mesmo nos casos mais graves, deve ter assegurado o seu direito de livre escolha e convívio social. Assim, encontramos a maneira de expressar para a nossa sociedade, por meio da exposição, que é possível construir cultura juntos. Amadores e profissionais.

 


FOTO 1


FOTO 2


FOTO 3


Termo de uso de imagem

Eu permito o uso de minha imagem e do meu depoimento em exposições e campanhas promocionais, de divulgação em qualquer meio de comunicação e forma de mídia, pela ABRALE (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), com sede na Rua Dr Fernandes Coelho , 64, 13 Andar - São Paulo, inscrita sob o CNPJ nº 05404321/0001-75, sejam estes materiais de uso temporário ou contínuo. A presente permissão é concedida a título gratuito, abrangendo o uso da imagem em todo o território nacional e fora dele. Por esta ser a expressão de minha vontade, declaro que autorizo o uso acima descrito sem que nada haja a ser reclamado a título de direitos conexos à minha imagem ou a qualquer outro.